Iniciação à Investigação

O CEAUL tem uma longa história de investigação, sentimo-nos bem no presente, mas sabemos que são os jovens que representam e podem assegurar o nosso futuro. Assim sendo, temos desenvolvido um conjunto de atividades e programas que visam identificar entre os alunos potenciais futuros investigadores. Foram criadas e estão a ser testadas modalidades de interacção entre os investigadores do CEAUL e alunos de licenciatura que visam fomentar a Iniciação à Investigação. ​O público alvo são alunos de licenciatura com interesse na área da Estatística.

Edição 2020

Durante um período 3 semanas​ os alunos vão realizar um estágio de investigação para o qual foram seleccionados após uma candidatura publica, de acordo com determinados critérios de seriação. Serão acompanhados por um investigador da Unidade de Investigação durante todo o período. ​Os alunos alvo são alunos de licenciatura com interesse na área da Estatística. (mais..)

O CEAUL através do protocolo com Academia de Ciências de Lisboa (ACL) tem vindo a desenvolver vários estudos no âmbito da Análise Forense, nomeadamente com a coleção óssea e dentes relacionadas com o Terramoto de Lisboa de 1755. Assim, desde março de 2019 o CEAUL integrou no seu grupo de investigação vários alunos de licenciatura e de mestrado integrado, por forma a acompanhar desde o início as atividades de investigação que conjugasse a componente pedagógica dos alunos com a de investigação nomeadamente na área da estatística e na área forense. Esta atividade desenvolve-se no laboratório da ACL, acompanhada pelos investigadores da CEAUL. Resultaram desde então apresentações de trabalhos em jornadas científicas e publicação de artigos. (mais…)

Durante um período que pode variar (tipicamente entre 2 semanas a 2 meses) os alunos seguem (em 2020 naturalmente em formato virtual) um investigador, que os expõe ao seu trabalho permitindo assim o contacto directo com questões chave do que é ser um investigador, que podem cobrir áreas tão diversas como escrever artigos, participar em projetos, o processo de revisão por pares, fazer consultoria, ter formação, fazer apresentações, ler artigos de forma crítica, desenvolver soft skills, etc. (mais…)